Contrabando ou tráfico de seres humanos?

A Economist diz que, na teoria, o contrabando é feito com o consentimento dos envolvidos, como acontece no caso de pessoas que pagam US$ 6 mil para ir ilegalmente do Kosovo para Viena. Já no tráfico de seres humanos, as pessoas são coagidas ou enganadas, e terminam como trabalhadoras escravas.

De acordo com o último relatório do Departamento de Estado dos EUA, no entanto, na prática há uma sobreposição entre o tráfico e o contrabando de seres humanos.

É o caso, por exemplo, de um indiano pobre que é contratado para um trabalho doméstico em um país do Golfo Pérsico e, quando chega lá, descobre que seu salário é bem inferior ao prometido e seu passaporte é retido. Isto caracteriza uma forma de servidão, e poderia ser chamado de tráfico.

trea

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *