SOCIEDADE DO CANSAÇO


SOCIEDADE DO CANSAÇO

 

A busca imperativa pelo “seu melhor”, “dando tudo de si”, tem impactos nocivos na mente e no corpo

14 SET 2020 | COMPORTAMENTOS EMERGENTES

POR SINTONIA COM A SOCIEDADE

Você consegue ficar três minutos parado sem fazer nada? Ou ir a um evento social sem levar o seu celular? Numa escala de 1 a 10, quanto a sua vida real é igual ao que você posta no Instagram? Além disso, responda com sinceridade: Você está fazendo o que ama neste momento? Você acha que tudo é possível? Sentir-se mal com todas essas perguntas é normal, você não é o único. Pois estamos todos na mesma sociedade do cansaço.

MAS COMO CHEGAMOS A ESSE CANSAÇO?

Byung-Chul Han, filósofo coreano residente em Berlim, traduziu bem esse novo modo de estar em seu livro Sociedade do Cansaço, lançado em 2010. A publicação foi inspirada por sua teoria e dá seguimento aos estudos de grandes fenômenos que atingem a nossa sociedade hoje.

O filósofo acredita que o avanço da globalização teve grande importância nesse processo. Antes dessa evolução, vivíamos em uma sociedade disciplinar. Com o passar do tempo, entramos em uma sociedade do desempenho. Para entender melhor como isso ocorreu vamos ao infográfico a seguir...

mulher-cansacoSection2-sociedade-do-cansaco

DE UMA SOCIEDADE DISCIPLINAR

DISCIPLINA

Corpos condicionados a uma vida disciplinada, baseada na repetição e obediência. Lógica do trabalho industrial, fordista.
Processo de organização e disciplina vindo desde a revolução industrial.

PARA HOJE: UMA SOCIEDADE DO DESEMPENHO

BUG DO MILÊNIO

globalização, o avanço da tecnologia, as novas políticas de comércio internacional e a revolução digital.
Mudança paradigmática no modo de viver, de se relacionar e de produzir.

NOVO TRABALHAR

O trabalho se baseia em um processo de maior criaçãoliberdade, felicidade e autonomia.
Acesso ao saber, sem fronteiras de tempo e espaço para aprender e trabalhar, livre para saber e fazer o que gosta.

POSITIVIDADE, INICIATIVA E MOTIVAÇÃO

As palavras-chave são “projeto”, “motivação”, “iniciativa” e “eficiência”.
O sujeito da positividade pode sempre mais e conta consigo mesmo, quer sempre mais para si e quer estar sempre ativo.

DESEMPENHO

Desempenhar é o que leva adiante – não a obediência. Um desempenho individual, com investimentos em si mesmo. Fazer sempre e mais. Cada sujeito é senhor de si e condiciona sua própria vida para o seu desempenho.
O sujeito do desempenho mais rápido e eficiente cobra de si mesmo essa eficiência. Trabalho baseado no processo de autonomia.

CANSAÇO CONTÍNUO E SOLITÁRIO.

É desse cansaço que estamos falando: da fadiga, da exaustão, da culpa.

Um sintoma global que faz adoecer…

322 milhões
deprimidos em 2015.
Em 2005 eram 263 milhões.

________

35 milhões
de pessoas em todo o mundo sofrem de transtornos por uso de drogas.

________

15 %
é o aumento de ansiedade de 2005 a 2015.

Fontes: Organização das Nações Unidas (ONU), 2019, e Organização Mundial da Saúde (OMS), 2005-2015

“Uma pessoa ainda morre a cada 40 segundos por suicídio”
Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS em 2019

NO BRASIL NÃO É DIFERENTE.

Na verdade, as consequências aqui tendem a ser ainda mais expressivas

O contexto pós-crise de 2014 é de queda de rendimentos e redução do crescimento econômico, provocando um aumento da desigualdade de renda por mais de quatro anos consecutivos.

Esse cenário tende a se aprofundar ainda mais com a pandemia, algo que não ocorreu nem mesmo no período anterior a 1989, quando a desigualdade foi recorde.

folha-Section7-Sociedade-do-cansaco

Desigualdade aumenta

Índice Gini da renda do trabalho per capita (quanto mais perto de 1, maior a desigualdade)

grafico1-Section7-Sociedade-do-cansaco

Bem-estar social tem lenta recuperação

Indicador leva em conta variação da renda anual e da desigualdade

grafico2-Section7-Sociedade-do-cansaco

Pobreza extrema volta a crescer

Percentual de pessoas com renda mensal inferior a R$232/mês

grafico3-Section7-Sociedade-do-cansaco

Fonte: FGV Social/CPS a partir dos microdados PNAD/IBGE e PNADC

TORNA-SE AINDA MAIS CRUEL O DISCURSO DA POSITIVIDADE EM UM CONTEXTO TÃO NEGATIVO

Um cansaço competitivo, associado ao “cada um por si”. É solitário, pois atua individualizando e isolando

O primeiro efeito citado pelos brasileiros desse novo modus operandi é a fadiga, que se apresenta como um esgotamento, um cansaço físico e mental impulsionado pela certeza de não poder parar ou de não querer parar

Fonte: https://www.nexojornal.com.br/expresso/2019/08/27/Por-que-vivemos-na-sociedade-do-cansa%C3%A7o-segundo-este-fil%C3%B3sofo

CANSAÇO

grafico4-Section9-Sociedade-do-cansaco

dos entrevistados do país acham que os brasileiros estão cansados

grafico5-Section9-Sociedade-do-cansaco

dos entrevistados que vivem em capitais dizem que os brasileiros estão cansados

Fonte: Pesquisa Valores 2019 – Sintonia com a Sociedade | Pesquisa Globo

O discurso da positividade e do desempenho romperam as barreiras do trabalho e alcançaram todas as esferas da vida. O mercado publicitário foi um grande impulsionador desse mindset no decorrer da nossa história

A ideia do tudo pode ser, das mil e uma possibilidades e de que tudo depende de você instalou a positividade no discurso do brasileiro

img1-Section10-Sociedade-do-cansaco

Eu tenho, você não tem
Mundial, 1992

img2-Section10-Sociedade-do-cansaco

Think Different
Apple, 1997

img4-Section10-Sociedade-do-cansaco

Porque você merece
L’oreal, 2013

img3-Section10-Sociedade-do-cansaco

30 anos do “Just do it”
Nike, 2019

 

A angústia de ser o responsável por todas as escolhas dentre tantas possibilidades fez com que as pessoas precisassem o tempo todo de alguém que ajude ou ensine a viver sua própria vida.
Coachs, algoritmos, líderes espirituais, religiosos…

Eu quero alguém que me diga como viver
a minha própria vida."

FLEABAG (2019)

img5-Section11-Sociedade-do-cansaco

A necessidade de filtros e de ajuda para tomar decisões caminha junto com a

hi
per
atenção,

causadora de distração e desinformação por conta do excesso de opções e informações disponíveis.

A atenção dispersa, caracterizada por uma rápida mudança de foco entre diversas atividades, pode ainda se perder entre o que é fato ou fake.

Segundo um estudo do MIT em parceria com o Twitter, as fake news se espalham 70% mais rápido do que as notícias verdadeiras nesta rede social.

Fonte: Massachusetts Institute of Technology, 2018

Concomitante à implementação dessa nova lógica do trabalho, assistimos a uma transformação paradigmática do acesso à informação. O que inicialmente configurava o mesmo sentimento de liberdade que o trabalho ‘livre’, empreendedor e autônomo representava, com o tempo se mostrou um novo campo de problemas para sociedade. Se tornou comum uma sensação de deriva que, como consequência, produz uma espécie de agonia coletiva.”
Miguel Jost

img6-Section12-Sociedade-do-cansaco

A positividade e o desempenho extrapolaram o indivíduo e foram impressos em suas personas digitais

A vida é apresentada com filtros. Mesmo em meio à "falha" ela se apresenta em sua melhor versão

img7-Section14-Sociedade-do-cansaco

As pessoas têm um desejo quase pornográfico de exibir sua privacidade. Elas expõem seus pensamentos, seus momentos privados, seus sentimentos e tudo o que são, ou fingem ser, através das redes sociais. Todo mundo faz isso 'voluntariamente'. O poder não precisa mais interferir ou se infiltrar nos segredos de ninguém, pois essas pessoas oferecem tudo isso de forma espontânea.”
BYUNG-CHUL HAN

Na positividade onde tudo é possível, o sujeito é seu próprio projeto e não pode parar.

Não pode parar porque está sempre atrás do seu 'melhor eu' em todos os aspectos da vida, acreditando que o sucesso só depende dele mesmo.

Está fadado aos comportamentos que observamos e aos

 

sintomas e doenças da modernidade.

ONDE VOCÊ SE ENCAIXA?

img8-Section16-Sociedade-do-cansaco

img9-Section17-Sociedade-do-cansaco

Ao sermos sugados por
esta dinâmica do Cansaço, colapsamos.

Com isso, chegamos em estágios doentios de estresse, ansiedade, depressão e burnout.

Desenvolvemos algum tipo de transtorno mental.

Fonte: Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) | Ministério da Saúde, 2013

A depressão é a expressão patológica do fracasso em ser você mesmo

No Brasil, a depressão atinge
5,8%
da população

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nos últimos dez anos aumentou 18,4% o número de pessoas com depressão, o equivalente a 4,4% da população da mundial

Fonte: OMS - 2017

Desempenho é a mais nova forma de dominação

No Brasil, as 5 maiores causas de estresse são:

39%
Pressão que você coloca em si mesmo

39%
Ameaça de crime

38%
Não dormir o suficiente

33%
Não ter tempo para as coisas que quer fazer

31%
A quantidade de dinheiro que tem para viver

Fonte: Pesquisa GFK - 2015

A ansiedade aparece também pelo sentimento de não poder ou querer parar e por saber que vem muito mais pela frente

O Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas no mundo

9,3%
=
18,6

milhões de brasileiros

No mundo, o aumento foi de

14,9%
em relação a 2005

Fonte: OMS - 2017

Byung-Chul Han também diz que o Burnout não expressa apenas o esgotamento de si mesmo, mas antes disso a alma consumida

O esgotamento profissional, também conhecido como Síndrome de Burnout, foi incluído na Classificação Internacional de Doenças da OMS e entra em vigor em janeiro de 2022

Fonte: OMS - 2019

A Internet, que antes trazia a esperança de aumentar as nossas conexões sociais, se tornou um lugar de isolamento

Superexposição
+
Supercompetição
=
Solidão

"A rede social, que poderia ser um bom meio para fazer amizades e aumentar a interação, acaba tendo um efeito contrário, pois nos faz sentir incapazes." Byung-Chul Han

A euforia do acesso se tornou excesso

Se o acesso era parte do sucesso do novo trabalho, o excesso aliado ao desempenho e ao Fear of Missing Out (Fomo) se tornou excesso

Usuários de internet em junho de 2019 (em milhões)

grafico8-Section16-Sociedade-do-cansaco

Fonte: Statista – jun 2019

FORMAS NEGATIVAS DE LIDAR

Transtornos mentais

Paralisados por doenças contemporâneas e sugados pela rotina, mascaramos as verdades inconvenientes para seguir em frente

Suicídio

Sem conseguir lidar com tudo isso, o suicídio tem sido, infelizmente, uma das opções de fuga da dinâmica da sociedade do cansaço

A taxa de suicídios a cada 100 mil habitantes no Brasil é de 6,1, enquanto a média mundial é de 10,5, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS)¹

Anestésicos

Alteramos o nosso estado de consciência e entorpecemos os sentidos

Segundo Byung-Chul Han, o doping possibilita de certo modo um desempenho sem desempenho. O uso e abuso é tanto de drogas lícitas quanto ilícitas

Globalmente, cerca de 35 milhões de pessoas sofrem de transtornos decorrentes do uso de drogas² e necessitam de tratamento

Grupos radicais

A revolta, a intolerância, são potencializadas no contexto de dificuldades e cansaço, e onde a “afirmação do eu” acha eco constante com tantos filtros e algoritmos que facilitam o encontro entre iguais. Radicalizar, tomar medidas extremas, tem sido recorrente no Brasil e ao redor do mundo

Um exemplo é o movimento antivacina que ameaça campanhas contra, por exemplo, o sarampo, a febre amarela, a sífilis, a hepatite A, a paralisia infantil, entre outras

Fonte¹: Organização Mundial da Saúde (OMS), 2016
Fonte²: Organização das Nações Unidas (ONU), 2019

FORMAS POSITIVAS DE LIDAR

Autocuidado

Cuidados com o corpo impactando a mente

Mindfulness

Aumento e diversificação das práticas de yoga

Fé e Esoterismo

Esoterismo

Exercitamos a fé

Buscamos formas próprias de expressão pela espiritualidade

Cuidamos de quem amamos

Buscamos não soltar a mão de ninguém

Marcas propondo experiências de convívio e saúde psíquica

Deslocamentos de tempo

Nos deslocamos no tempo

Sentimos a ânsia de escapar do presente

Nostálgicos, saudamos o passado

Detox digital

Fazemos o detox digital

Alternativas para lazer e entretenimento

E POR QUE NÃO CONSEGUIMOS SAIR DA

SOCIEDADE DO CANSAÇO E DO DESEMPENHO?

img-Section21-Sociedade-do-cansaco

Byung-Chul Han lançou um novo livro em 2017 chamado Psicopolítica - O neoliberalismo e as novas técnicas de poder

Neste livro ele explica a dinâmica que nos mantém na sociedade do cansaço até hoje. A culpa é nossa, mas estamos amarrados ao sistema e à dinâmica do desempenho

Ele explica também os motivos pelos quais, provavelmente, permaneceremos no futuro próximo. Vamos olhar para três fenômenos:

brain

Psicopolítica

Acreditamos que somos livres

A dinâmica da sociedade do cansaço se mantém porque suas forças são silenciosas. Este poder não é opressor, proibitivo ou censor.

Pelo contrário: o sujeito se sente livre e nunca está consciente de sua submissão. Ao ser o chefe de si mesmo, do seu projeto, ao fazer seu horário, ele se sente em liberdade. A dominação permanece inacessível a ele.

lupa

Big data

Diga-me quem sou; qual é o meu projeto?

Contamos tudo o que somos, nos oferecem tudo, mesmo aquilo que nem sabemos que queremos. As coisas que escolhemos falam entre si, falam sobre nós, e descobrem em quem provavelmente vamos votar, para onde a gente vai querer viajar, quantos filhos vamos ter.

Somos classificados, rotulados, etiquetados. Existe uma sociedade de classes digital que se quer sabemos que fazemos parte.

coracao

Capitalismo das emoções

Eu preciso sentir

Correndo incessantemente atrás da perfeição do “projeto de si”, não temos tempo de sentir. Ou estamos na roda-vida ou entregues às enfermidades do cansaço. Não há espaço para o sentimento que tem uma duração ou uma profundidade narrativa. Mas o mercado entendeu que precisamos e queremos emoções. Muitas emoções!

A emoção é dinâmica, situacional e “performativa" e é isso que o mercado explora. Não compramos produtos, serviços, compramos as emoções que eles nos despertam.

As pessoas buscam as emoções que os conteúdos audiovisuais despertam. O boom do conteúdo, da oferta de séries, novelas, filmes, atende ao anseio do sentir e se emocionar.

Estamos presos a esse contexto e a essa dinâmica, atados pela psique e pelas emoções. A pergunta que fica é: que respiros podemos ter? Talvez possamos começar pela construção de um novo capítulo na sociedade que promova o acolhimento, o pertencimento e o sentimento de comunidade.

Sociedade do Cansaço é um estudo desenvolvido pelo Sintonia com a Sociedade com apoio do Coletivo Tsuru.

 

Sintonia com a Sociedade | sintonia@g.globo
-
Edição de texto: Oscar Neto e Carolina Carvalho / Arte e ilustração: Daniel Frias e Clara Pontes

Imagem: iStock by Getty Images ©
Daniel Balakov
Povozniuk
Prostock-Studio
Cesar Okada
Galina Shafran
Srdjanns74
martin-dm

Fonte: https://gente.globo.com/sociedade-do-cansaco/


Categorias:

Tecnologia | Consumo | Burnout | Saúde Mental | Saúde | Consumismo | Redes Sociais |