INFLUENCIADORES E A ESTRATÉGIA DA AUTENTICIDADE Como a força dos influenciadores afeta a tomada de decisão do consumidor


INFLUENCIADORES E A ESTRATÉGIA DA AUTENTICIDADE

 

Como a força dos influenciadores afeta a tomada de decisão do consumidor

14 JUL 2020 | COMPORTAMENTOS EMERGENTES

POR GLOBO

Celebridades como Kim Kardashian e Beyoncé inspiram milhões de pessoas em todo o mundo. Com presença garantida em listas de personalidades populares ano após ano, são exemplos de astros com milhões de seguidores sólidos e, portanto, representam escolhas certeiras na divulgação de marcas e produtos. Ou não? 

Esta lógica utilizada por décadas já não reflete o comportamento do novo consumidor. Embora celebridades possam impactar um grande número de pessoas, seu endosso não corresponde com um dos fatores de maior influência para o consumidor moderno: a autenticidade. Enquanto o público passou a enxergar o uso de astros em propaganda como meras transações financeiras, o marketing de influenciadores ganhou poder por basear-se na relação genuína com seus seguidores.

COM O PÚBLICO MAIS RECEPTIVO A RECEBER CONSELHOS DE "PESSOAS REAIS", INFLUENCIADORES SE DIFERENCIAM DAS CELEBRIDADES EM CAMPANHAS DE MARKETING.

Presentes nos mais diversos segmentos, os influenciadores são líderes que geram conversas, impulsionam o engajamento e definem tendências entre um público fiel e receptivo. Muitos fornecem informações sobre suas vidas pessoais e interagem com seus seguidores, atentos às opiniões e sugestões. Deste modo, espalham a mensagem de uma marca para o público-alvo de maneira natural, rompendo com a característica ganhou-para-fazer da publicidade tradicional.

Fonte: 2017-2018 Millennial Survey

Fonte: 2019, Influencer Marketing Global Survey - Rakuten

Fonte: 2017-2018 Millennial Survey

MARKETING DE CELEBRIDADE E MARKETING DE INFLUENCIADOR – SÃO TÃO DIFERENTES ASSIM?

Ambas as estratégias usam pessoas conhecidas para persuadir seu público-alvo, mas a execução e a maneira que utilizam a influência são diferentes.

CELEBRIDADE

• Atribui a fama da celebridade à marca ou produto, independente do segmento de atuação

• A ideia é a associação da marca a um rosto conhecido para atingir um grande número de pessoas

• A marca produz e distribui o conteúdo para que a celebridade ajude a transmitir

• Para o consumidor, é uma mensagem da marca para eles, usando a celebridade como mensageira

X

INFLUENCIADORES

• Cria publicidade boca a boca usando pessoas confiáveis para certos círculos

• Pessoas influentes de um segmento específico usam sua credibilidade para fazer recomendações

• O influenciador é percebido como criador e transmissor da mensagem

• Para o consumidor, é uma mensagem do influenciador para eles, legitimando uma marca ou produto

“GENTE COMO A GENTE” COMO ESTRATÉGIA

Influencer Bia Gremion (@biagremion) em parceria com a marca de cosméticos Dailus (@dailus)

Influenciadores populares podem ser qualquer pessoa, de qualquer país, de qualquer classe social. Eles podem ser encontrados no Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn, Youtube, blogs pessoais ou qualquer outro canal de mídia social que conecta pessoas e gera audiência. A característica mais marcante dos influenciadores eficazes para marketing não é o número de seguidores - é a qualidade do envolvimento.

Fonte: 2018, World Federation of Advertisers (WFA) Report.

Diferente da maioria das celebridades, os influenciadores respondem perguntas, dão opiniões detalhadas e participam de conversas com seus seguidores. Eles criam conteúdo valioso: histórias pessoais sobre os produtos que usam, com fotos, críticas e vídeos. Seus leitores respondem, compartilham e mantêm a conversa em movimento. Eles são reais, críveis e relativamente acessíveis.

Dricca Perroni (@umzerotres), influenciadora do segmento de decoração e parceira da Etna (@etnaoficial), recomenda os produtos da marca que usa em sua casa para seus seguidores.

MARKETING DE INFLUENCIADORES NÃO É SINÔNIMO DE MÍDIA ESPONTÂNEA

“Os anúncios devem ser realizados de forma a não abusar da confiança do consumidor, não explorar sua falta de experiência ou de conhecimento e não se beneficiar de sua credulidade.”

ARTIGO 23, CÓDIGO BRASILEIRO DE AUTORREGULAMENTAÇÃO PUBLICITÁRIA

Ao declarar que uma publicação é patrocinada, os influenciadores são percebidos como confiáveis e honestos, falando abertamente com o público sobre sua escolha em colaborar com uma determinada marca, muitas vezes dedicando-se a responder comentários e dúvidas. A sinceridade, somada ao senso de familiaridade para seus seguidores, ajuda-os a projetar este ciclo de percepção de autenticidade. Com este poder de conexão, influenciadores são capazes de impactar a opinião do público com a sutileza de uma recomendação não comercial.

Arte: Gabriela Costa / Imagens: iStock by Getty Images e Flat Icon / Texto: Luciana dos Anjos

 

Fonte: https://gente.globo.com/influenciadores-e-a-estrategia-da-autenticidade/


Categorias:

Tecnologia | Consumo | Internet | Relações Interpessoais | Consumismo | Redes Sociais | Economia | Consumo Consciente |