Adoção infantil – Recursos argumentativos

Dicas para recursos argumentativos acerca do tema: ADOÇÃO INFANTIL:

 

 

1. A I – INTELIGÊNCIA ARTIFICAL:

Menino-robô prova que linha tênue separa sentimentos de humanos e das máquinas

Vivemos em uma época em que os recursos são limitados e a tecnologia avança a passos largos. O lugar onde se vive é observado; o que você come foi desenhado; e a pessoa que lhe serve não é humana: é artificial.

A jardinagem, os ofícios da casa e a companhia familiar não são de carne e osso – existe um robô para cada necesidade, exceto para amar.

A emoção é a última fronteira controversa nesta revolução robótica. Os robôs são considerados máquinas sofisticadas; e todos acreditam que não têem sentimentos. Mas, com tantos pais a quem o governo ainda não autorizou a ter filhos, as possibilidades são muitas.

A empresa Cybertronics é quem possui a melhor delas. Seu nome é David. Ele é um menino-robô programado especialmente para sentir amor. David é adotado em testes por um empregado da Cybertronics e sua esposa, cujo próprio filho, vítima de uma enfermidade terminal, foi congelado criogenicamente até pudesse haver cura.

Apesar de David gradualmente converter-se no filho do casal, com todo amor e cuidados necessários para uma família, uma série de circunstâncias inesperadas tornam a vida impossível para ele.

Sem aceitação final dos humanos ou mesmo das máquinas, e apenas em companhia de Teddy, seu protetor, David começa uma viagem para descobrir a que mundo realmente pertence, mundo este no qual a fronteira entre a máquina e a humanidade são extremamente aterradoras e tênues.

2. JUNO:

Juno MacGuff (Ellen Page) é uma jovem de 16 anos que acidentalmente engravidou de Paulie Bleeker (Michael Cera), um grande amigo com quem transou apenas uma vez. Inicialmente ela decide fazer um aborto, mas ao chegar na clínica muda de idéia. Junto com sua amiga Leah (Olivia Thirlby) ela passa a procurar em jornais um casal a quem possa entregar o bebê assim que ele nascer, já que não se considera em condições de criá-lo. É assim que conhece Vanessa (Jennifer Garner) e Mark (Jason Bateman), um casal com boas condições financeiras que está disposto a bancar todas as despesas médicas de Juno, além de dar-lhe uma compensação financeira caso ela queira. Juno recusa o dinheiro para si, mas decide que Vanessa e Mark ficarão com seu filho.

 

 

3. UM SONHO POSSÍVEL:

Um Sonho Possível conta uma linda história baseada em fatos reais de um rapaz que foi separado de sua mãe e dos seus irmãos quando ainda era criança e que sem ninguém, termina virando um mendigo. Ele desperta a atenção de Leigh Anne, que logo se prontifica a ajuda-lo e depois adotá-lo como filho.

A história é linda. Mostra como ainda existem pessoas preconceituosas, como aquelas senhoras que riram da cara de Leigh Anne por Michael ter saído no cartão de Natal. Também mostra que apesar desses preconceitos continuarem existindo, ainda existem pessoas boas no mundo dispostas a ajudar outras que realmente precisem, independente de cor, religião, classe social e posicionamento político.

Um Sonho Possível mostra que os sonhos são possíveis. Michael ia mal na escola com médias baixíssimas, mas aquela família acreditou nele. A sua professora particular acreditou nele. Uma professora de sua escola acreditou que ele tinha capacidade de aprender. Com certeza isso não foi fácil para Michael. Ele tinha dificuldade nos estudos e conseguir aprender tudo aquilo e conseguir tirar uma boa média para ganhar uma bolsa de estudos esportiva com certeza foram grandes desafios. E ele teve que se esforçar muito para isso, para superar a suas dificuldades e vencer o desafio.

Os desafios, porém, não eram só nos estudos. Apesar de ser muito bom nos esportes, Michael tinha dificuldade em se confrontar o jogador do outro time, como foi mostrado em diversas partes do filme. Ele gostava de proteger as pessoas, não de ir contra elas num combate. E essa foi mais uma dificuldade superada com o apoio da sua nova família, tanto que ele chegou a ser o melhor jogador do seu time da escola e foi disputado por grandes times, e depois de ter escolhido o Mississipi, ele ainda teve muito destaque lá.

Um Sonho Possível é uma linda história de superação e amor. Nos mostra que com fé e esforço é possível realizar os nossos sonhos. Também nos mostra que com amor podemos fazer o mundo melhor do que com ódio, inveja, violência e preconceito.

[Um%2520Sonho%2520Poss%25C3%25ADvel%255B1%255D.jpg]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LIVRO INDICADO:

 

 

 

 

CONTEXTUALIZAÇÃO:

 

AAEE

 

 

GGG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *