Clínica antidrogas tinha solitária, trabalho forçado e ameaças

“NEM CADEIA TEM ISSO”Clínica antidrogas tinha solitária, trabalho forçado e ameaças. Tudo pago pelo governo. Clarissa Levy, Thaís Ferraz10 de Março de 2019, 23h03 BRUNO* FOI FORÇADO a ficar seis dias e seis noites pelado, trancado em um cômodo menor que 6m². Sem banheiro, o adolescente de 16 anos precisava defecar em um ralo no canto da […]

Sob o domínio do medo

Sob o domínio do medo Em 14 meses de operações comandadas por militares, moradores da Rocinha sofrem com tiroteios e choram mortes de parentes e vizinhos; sintomas de doenças mentais decorrentes da violência cotidiana são cada vez mais frequentes 14 de novembro de 2018 Caroline Almeida, Julianne Gouveia “Bom dia grupo possível operação pela manhã. […]

Funai abandona postos e coordenações em áreas indígenas

Operando com 10% do orçamento, Funai abandona postos e coordenações em áreas indígenas Em zonas de conflito, há coordenações que funcionam dentro de carros e funcionários que sofrem de esgotamento físico e mental por atuar sozinhos Bruno Fonseca/Agência Pública 25 de março de 2019 Ciro Barros Nos últimos anos, a Fundação Nacional do Índio (Funai) […]

ARMAS COM HISTÓRIA

Todo crime tem um autor. Toda arma tem um dono e uma história. A campanha da ONG americana States United to Prevent Gun Violence, especializada em alertar os cidadãos americanos sobre o risco da posse e uso de armas, mostra a importância de sabermos a história de cada arma. Apesar de mais de 60% dos […]

TEORIA DAS JANELAS QUEBRADAS

  Janelas quebradas: uma teoria do crime que merece reflexão Por: Luis Pellegrini A teoria das janelas quebradas ou “broken windows theory” é um modelo norte-americano de política de segurança pública no enfrentamento e combate ao crime, tendo como visão fundamental a desordem como fator de elevação dos índices da criminalidade. Nesse sentido, apregoa tal […]

O Experimento de Aprisionamento de Stanford

O Experimento da Prisão de Stanford foi uma experiência psicológica destinada a investigar o comportamento humano em uma sociedade na qual os indivíduos são definidos apenas pelo grupo. O experimento envolveu a atribuição, dos voluntários que concordaram em participar, a papéis de guardas e prisioneiros em uma prisão simulada. Foi realizado em 1971 por uma equipe de […]