Projeto para melhorar as cidades.

Campanha Calçada Viva quer ajudar a melhorar as cidades com uso de aplicativo e redes sociais

Use a hashtag #calçadaVIVA para registrar as falhas encontradas e cobrar soluções das prefeituras


O blog Cidades sem Fronteiras e o portal Veja.com lançaram a campanha Calçada Viva, uma combinação de conteúdo jornalístico, aplicativo para celular e postagens nas redes sociais para melhorar aquilo que as cidades têm de mais democrático: as calçadas. Crianças, idosos, ciclistas, motoristas, motociclistas, todos são pedestres antes de qualquer coisa. Seria de imaginar, então, que as calçadas fossem o item mais bem cuidado de todas as cidades. Não é bem assim.

Uma pesquisa feita com exclusividade para o blog revelou que são elas o principal motivo de queixa dos brasileiros sobre os locais onde vivem. O quesito obteve média 4,7, a mais baixa entre todos os avaliados, que incluíram tempo gasto no trânsito, iluminação pública, presença de áreas verdes e qualidade do ar.

Para participar da campanha e dar esse primeiro passo para melhorar a sua cidade, você pode acessar o aplicativo Precisa Melhorar – Calçada Viva e registrar as falhas encontradas pelo seu caminho. No final deste ano, as prefeituras das cidades participantes serão notificadas e cobradas por soluções.

Quem também pode participar pelas redes sociais, publicando flagrantes e depoimentos no Facebook, Twitter ou Instragram e usando a hashtag #calçadaviva. As melhores imagens serão exibidas no site de VEJA e no blog Cidade sem Fronteiras, que terá conteúdo especial com enquetes, vídeos, entrevistas e análises sobre a importância de melhorar os locais por onde andamos.

Legal, mas por que é importante melhorar as calçadas?
Elas são o ponto de partida para lidar com um monte de outras coisas. Vamos às principais:

1) Trânsito
Entre 2002 e 2012, o ritmo de crescimento da frota no país foi seis vezes maior que o da população, o que faz com que hoje falta espaço para tanto automóvel. Para sair dessa encruzilhada, o caminho é combinar o uso do carro a outras formas de deslocamento. E como não há usuário de ônibus, trem ou metrô que não caminhe até o ponto ou estação, a melhoraria o transporte público passa pela melhoraria das calçadas.

2) Saúde
Cerca de 100.000 pessoas caem e se machucam todos os anos por tropeçar em calçadas malcuidadas, e isso apenas em São Paulo. O descaso acaba sobrecarregando os pronto-socorros e a ortopedia da rede pública. Boas calçadas, por outro lado, são um convite ao exercício físico, essencial para a saúde e a qualidade de vida. Além disso, mais da metade dos brasileiros está acima do peso e um em cada cinco é obeso.

3) Segurança
Nada é tão eficiente para combater o crime do que manter gente circulando. Locais movimentados são sempre mais seguros. Isso porque as pessoas vigiam umas às outras formando uma rede de proteção que beneficia todo mundo. E o movimento nas ruas começa com uma boa calçada. De quebra, seu uso aumenta a exigência de um sistema de iluminação pública que funcione, o que torna as ruas ainda mais seguras.

4) Economia
Calçadas garantem que a clientela de cafés, bares, restaurantes e comércios alcance seu destino. Ao impulsionar esses empreendimentos, as calçadas consolidam a economia local e tornam as cidades mais prósperas. Contribuem ainda a sobrevivência de pequenos comerciantes e prestadores de serviço, como jornaleiros, sapateiros, cabeleireiros e farmácias de bairro, os verdadeiros responsáveis por tornar as calçadas vivas.

5) Idosos
O Brasil envelhece rapidamente. Há mais de 22 milhões de brasileiros com mais de 60 anos, população que dobrará em duas décadas. Já existe no mundo mais gente acima dos 65 anos do que abaixo dos 5 anos de idade. A capacidade de ir e vir dos idosos depende fundamentalmente da qualidade das calçadas de suas cidades. O mesmo vale para deficientes físicos e crianças.

6) Ambiente
Melhores calçadas contribuem para a qualidade do ar e redução do ritmo das mudanças climáticas. No mundo todo, as temperaturas aumentam ano após ano, devido à enorme quantidade de monóxido de carbono emitido pelos automóveis e indústrias. Segundo a Nasa, o ano de 2014 foi mais quente registrado na história. E as médias deste ano podem fazê-lo superar o ano que passou.

7) Convivência
O propósito e a principal vantagem das cidades, desde quando foram inventadas, sempre foi facilitar e permitir o encontro entre pessoas. E caminhar é a maneira mais eficiente de estabelecer vínculos, observar o que acontece e vivenciar a cidade as boas surpressas das cidades onde moramos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *