Leitura e inclusão social

Há uma lei que obriga todas as escolas a aceitarem matrículas de alunos com deficiência. O número de crianças e jovens com deficiência nas salas de aula regulares cresce a cada ano: em 2001, eram 81 mil; em 2002, 110 mil; e 2009, mais de 386 mil. hhgbv
Mas como se dá essa inclusão? O que pensam médicos, educadores e as famílias sobre o assunto? O melhor é escola especial ou escola regular?
O Papo de Mãe  discutirá o assunto com as presenças da médica neurologista Maria Bernardete Dutra Resende, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP; da educadora Maria Stela Santos Graciani, coordenadora do Núcleo de Trabalhos Comunitários da PUC-SP, e do advogado Wladimyr Alves Bitencourt, coordenador do Núcleo dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência da Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *